E-mail Marketing: herói ou vilão?

mail 28 de fevereiro de 2015 Nenhum Comentário Postado por Ramon Sala

Neste artigo vamos discutir sobre como o E-mail Marketing é visto e utilizado nos dias de hoje. Primeiramente, o que é o E-mail Marketing? Ele consiste no uso de e-mails como ferramenta de marketing direto, em que é analisado todo o retorno gerado, permitindo assim a criação de campanhas mais eficientes para as empresas.

Este método de marketing começou a ser mal visto pelos consumidores há um tempo atrás. Todo e-mail de qualquer empresa que chegava na caixa de entrada era visto como uma forma intrusa de se fazer propaganda, criando uma visão generalizada de que todo e qualquer e-mail publicitário era um SPAM.

Esta visão tem uma parcela de verdade, já que o envio de ofertas e o cadastro dos e-mails dos consumidores nessas listas de clientes que desejavam receber essas mensagens eram feitos de forma não muito respeitosa com o consumidor. O que originou a imagem de que o E-mail Marketing é ruim e não funciona.

Porém, existem aquelas empresas que fazem uso desse método corretamente, e conseguem, sim, bons e importantes resultados com ele. De acordo com uma pesquisa do IBGE, a maior forma de acesso à internet no brasil é o e-mail. Logo, o E-mail Marketing é uma forma eficiente de se estar em contato com seus possíveis consumidores, de forma rápida e consistente. E é possível também receber respostas imediatas quanto ao conteúdo que estamos enviando.

Quando a empresa usa o E-mail Marketing da forma correta e consegue quebrar a barreira imposta pela visão de que o método é apenas uma forma de enviar SPAM, não ganha-se apenas um aumento na quantidade de visitas em seu site ou na quantidade de vendas. Ela se torna, perante o mercado, uma empresa mais pró-ativa, que ao invés de esperar o cliente vir até ela, usa métodos eficientes para alcançá-lo.

Vale lembrar que o E-mail Marketing é uma ferramenta poderosa quanto ao alcance que ela ter, mas utilizá-la da maneira correta é fundamental. Em poucas palavras, com uma arte mal formulada, o que seria o herói de nossa história, pode vir a se tornar o vilão.

Sobre - Ramon Sala

Graduando em Ciência da computação, conselheiro multiplicador da FEJEMG, e Diretor Comercial da No Bugs. Se interessa por empreendedorismo, e é daí que surgiu o gosto por mercado e negócios. Tenta focar em uma só área de interesse, mas sua indecisão nata não o deixa, e acaba procurando saber sobre tudo. "Sometimes we spend more time than we should defending the old thing, instead of working to take advantage of the new thing." Seth Godin

Veja também...

0 Comentários

Deixe o seu comentário!