10 erros que bons oradores jamais cometerão novamente.

public-speaking 1 de junho de 2016 Nenhum Comentário Postado por Rene Milagres

Todos nós cometemos erros, mas oradores que fazem desses erros um ponto de aprendizado terão a capacidade de, efetivamente, converter seus esforços em melhoria. Ao ler sobre oradores de sucesso, descobri o que os grandes palestrantes consideram erros. A lista dos enganos que eles disseram jamais querer cometer inclui:

1. Sentir-se amedrontado antes de discursar frente a um grupo:
Quando estamos estressados, temos duas opções: sentir medo da morte, ou mais sabiamente, compartilhar nossas mensagens com o mundo. Oradores de sucesso escolhem transformar o nervosismo deles em entusiasmo. Eles se focam em transformar vidas e causar um grande impacto.

2. Participar de grupos de oratória:
Pessoas que discursam bem, em geral, não precisam frequentar grupos de oratória, uma vez que as organizações forçam um ambiente irreal. Oradores de sucesso praticam seus discursos frente a um grupo de pessoas compatível com a audiência futura, que pode dar um verdadeiro feedback. Um ambiente realista os ajuda a crescer e ter sucesso mais rapidamente.

3. Ter uma voz que treme:
Roger Love, ilustre treinador de voz, disse: “As pessoas julgam você nos primeiros 15 segundos da sua fala.” Ter uma voz potente faz total diferença. Inspire pelo nariz, encha seu peito, e depois fale somente enquanto seu pulmão estiver expelindo ar.

4. Abdicar do humor:
Uma vez que você entender que o humor contribui para que sua apresentação seja mais interessante – e, sim, mais engraçada – você presenteará sua audiência com uma melhor performance.

5. Praticar em frente ao espelho:
Praticar os erros, várias e várias vezes fará você falhar. Oradores de sucesso entendem que “Prática não traz perfeição; prática com feedback traz grandes melhorias”. Em vez de usar um espelho, eles procuram avaliação direta de especialistas, treinadores e plateia.

6. Imaginar os membros da audiência em suas “roupas íntimas”:
Essa analogia estúpida traz mais desconforto que conforto, na verdade. Uma analogia melhor é pensar que você está discursando para seus amigos de escola, e imaginar o feedback deles: “Você é ótimo!”. Desse modo, você se sentirá confortável, calmo e confiante.

7. Preocupar-se com as respostas no momento em que as perguntas são feitas:
A melhor maneira de responder perguntas é tendo-as previsto. Pense em possíveis perguntas que lhe serão feitas durante o discurso. Pratique responder a essas perguntas e no momento certo você se mostrará mais confiante e natural.

8. Criar slides secos, chatos e previsíveis:
Você precisa pensar de uma maneira linear. Anote suas ideias num papel. Encontre imagens que expressem perfeitamente o que você pretende dizer. Crie o visual dos seus slides no seu programa favorito. Lembre-se que você deve criar um design efetivo, como nas apresentações do Steve Jobs.

9. Começar sua fala com “Boa noite! Hoje eu irei falar a respeito…” :
C-H-A-T-O. Você quer perder sua audiência? Oradores de sucesso conquistam e mantém a atenção do público com uma pergunta poderosa ou com uma história pessoal.

10. Parar de esforçar-se para melhorar suas habilidades de oratória:
Se você não está aprendendo, está morrendo. Não importa quão bom qualquer de nós sejamos, precisamos continuar aprimorando nossas habilidades. Então, aprenda com oradores mais experientes, participe de seminários, e assista aos melhores discursos da TED. Por fim, perceba o fato: Muitos oradores falham porque repetem os mesmos erros. Os mais espertos, no entanto, aprendem com os deslizes, próprios e dos outros.

Não cometa esses 10 erros novamente e você se tornará, também, um orador de sucesso.

Escrito por Samuel Aguiar, graduando em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Viçosa.

Sobre - Rene Milagres

Graduando em Ciência da computação pela Universidade Federal de Viçosa e Gerente de Comunicação da No Bugs.

Veja também...

0 Comentários

Deixe o seu comentário!