De espectador a fazedor: 5 dicas matadoras

Discurso-De-espectador-a-fazedor-5-dicas-matadoras 2 de janeiro de 2014 2 Comentários Postado por João Paulo

Sempre que acompanho discursos famosos, seja de Steve Jobs, Guy Kawasaki, ou qualquer outro marketeiro por aí, fico imaginando a responsabilidade que aquela pessoa tem frente a dezenas, centenas ou as vezes milhares de espectadores que querem escutar algo que faça a diferença na vida delas. Mas no fim de tudo, o discurso geralmente vai em busca do mesmo objetivo: Ser inspirador.

Quando me delegaram essa tarefa na última troca de gestão da No Bugs, senti a responsabilidade de tocar o sentimento de cada presente, e de fato INSPIRAR. Planejei cada palavra ao longo de semanas, mas mais do que inspirar, eu queria deixar um convite a ação.

Muito se fala de liderança (e existem milhares de artigos sobre o tema),  mas um verdadeiro líder tem de ser humilde o suficiente para reconhecer que os resultados são fruto do trabalho de todo time.

Em 10 minutos tive que ser inspirador, verdadeiro, egoísta, relevante, e claro, um líder. Ao final do discurso deixei uma mensagem, e inspirado nela que entitulei esse artigo. Então, vamos deixar de ser apenas espectadores e nos tornar grandes “fazedores”?

#1 – Deixe um legado.

Daqui há 3, 5, 10, 20 anos. O que as pessoas vão falar sobre seu trabalho? Não há satisfação maior do que ser lembrado por tudo de relevante que você fez na No Bugs, no MEJ ou em qualquer outro lugar. E o que você está fazendo agora pra se tornar relevante? O primeiro passo, é começar simplesmente fazendo o seu melhor trabalho, a história a partir daí vai sendo escrita automaticamente. Seja o melhor empresário júnior do mundo…o melhor empresário júnior do mundo, pra você.

#2 – 1 + 1 > 2

Não queira andar somente com suas próprias pernas. Experimente ter uma equipe ao seu lado para criar discussões, auxiliar na resolução de problemas e no desenvolvimento de projetos. A partir do momento que você enxergar valor no time, um mais um deixa de ser uma equação matemática exata. No fim de tudo, você percebe que equações matemáticas não funcionam quando você lida com pessoas. O crescimento é sempre exponencial.

#3 – Marque na alma.

Marque na alma

Entrar só pra colocar no currículo é furada. Trabalhar pra somar e deixar um bom legado é o que realmente importa. As pessoas não querem saber se você ficou 10 anos na empresa júnior, eles querem ver o que você tirou de conhecimento, de visão. Marcar na alma é muito mais do que tatuar no peito. Marcar na alma é viver 24h por dia a empresa. Marcar na alma é estar sempre pronto para trabalhar por ela.

#4 – Vai lá e faz!

Vai lá e Faz

Crie um ambiente que propicie a exposição de ideias e tire-as do papel. Sim, você mesmo! Se o problema não é seu, tome-o para si próprio, vai lá e faz! Talvez a maior mensagem seja falar menos e fazer mais. FAZER é o que te diferencia da maioria.

#5 – Crie conexões.

Crie conexões

Porque no final de tudo, os pontos sempre se conectam no futuro. Não fique só no seu círculo. Existe um mundo de possibilidades dentro do movimento. Seja assessor, gerente, diretor, presidente, qualquer cargo, em qualquer instância. Esses pontos se conectarão no futuro, e isso criará uma grande rede de contatos que vai te dar suporte na sua carreira profissional.

Deixo claro que esses são os meus conselhos. Talvez alguns deles não façam sentido fora da universidade, mas o mais importante é estarmos focados na essência de cada um deles.

Para quem tiver interesse, segue o vídeo do discurso completo da troca de gestão. Inspire-se e deixe seu comentário. 😉

Pra quem quiser pular os agradecimentos a cada colaborador, o intervalo dos agradecimentos é o que segue: [3:57 – 7:17]

Abraços, e um 2014 incrível!

Sobre - João Paulo

Graduando em Ciência da Computação na Universidade Federal de Viçosa, empresário júnior, Conselheiro Consultivo da No Bugs, Gerente de Alinhamento e Excelência da CEEMPRE e apaixonado por empreendedorismo. Contatos pelo facebook ou por e-mail.

Veja também...

2 Comentários

  1. Fernanda Guimarães disse:

    Achei muito bacana este post , espero poder aplicar muitas coisas no meu trabalho , e um dia , na minha empresa 🙂

Deixe o seu comentário!