Passos simples para uma Gestão por Competências eficiente. Parte 1

Passos simples para uma Gestão por Competências eficiente 23 de abril de 2013 Nenhum Comentário Postado por Luiz Henrique Soares Toledo

O que é gestão por competências? Como posso fazê-la com eficiência? Essas são algumas dúvidas que podem aparecer em muitos empresários juniores ou seniores quando precisam estar a frente de uma equipe e ajudá-la a crescer. Entretanto, conhecer e utilizar essa prática não é nada de outro mundo. Gestão por Competência pode ser definida como uma série de ações feitas com base de capacitar os profissionais e adequá-los aos objetivos da sua empresa. As competências podem ser divididas em dois grupos, que são as competências técnicas e as comportamentais. As competências técnicas são os conhecimentos, geralmente teóricos ou relacionados com a formação acadêmica. Também são as habilidades, que estão ligadas ao prático, à vivência e ao domínio do conhecimento. Já as competências comportamentais são as atitudes, que podem ser definidas como as emoções, os valores, o sentimento das pessoas e tudo mais que representa o comportamento humano.

Agora que já definimos o que é a gestão por competências resta pensarmos a respeito de como fazê-la com eficiência. Para isso vamos começar falando das competências organizacionais, que são aquelas que torna sua empresa única, o diferencial em relação às outras. São algumas práticas, costumes e ações que diferenciam sua empresa do resto do mercado. Definido isso vamos para alguns passos para orientá-los quando forem implantar a gestão por competências.

O primeiro passo deve ser mapear e descrever as competências nescessárias a cada cargo na sua empresa. Você precisa saber muito bem o que procura para alcançar com o máximo de eficiência esse resultado. Converse com os diretores de cada departamento, com a presidência, ou qualquer outra liderança na empresa que conheça bem os cargos e suas obrigações. Juntamente com essas pessoas defina quais os cargos da empresa e o que vocês procuram nesses cargos, quais os conhecimentos, habilidades e atitudes que a pessoa deve ter para obter sucesso.

O segundo passo é em parte semelhante ao primeiro, mas em vez de mapear o que a empresa deseja encontrar em seus colaboradores, vai ser mapeado quais competências os colaboradores já possuem. Só sabendo muito bem os pontos fortes e fracos da pessoa que se pode ajudá-la a crescer. Mas como realizar tal mapeamento? Isso é simples de se responder, mas delicado de se fazer. Através de uma avaliação de desempenho bem formulada, com critérios específicos para cada cargo e voltada para as competências que a empresa busca podemos muito bem avaliar quais as principais qualidades dos colaboradores e onde eles pecam.

Feito isso é terminada a primeira etapa da gestão por competências, onde definimos os perfis dos colaboradores e o que a empresa busca em cada cargo. Em nosso próximo artigo iremos iniciar a segunda etapa, onde trataremos sobre como ajudar os colaboradores a conquistar as competências necessárias para que a função possa ser realizada com excelência.

Veja também...

0 Comentários

Deixe o seu comentário!