Os Pilares das Competências Profissionais

cha5 13 de maio de 2016 Nenhum Comentário Postado por Daniela Gomes

É comum encontrar no mercado de trabalho pessoas com uma boa formação, mas que não conseguem um grande sucesso em suas carreiras. Isso acontece muitas vezes porque essas pessoas possuem conhecimentos e habilidades técnicas, porém não possuem a consciência que atitudes e comportamentos são essenciais para determinar a competência de um profissional.

Normalmente, logo quando se fala em um profissional competente, pensa-se no seu conhecimento e habilidades, porém só isso não garante que seus objetivos serão alcançados. Para determinar o conceito de competência, foi criado o padrão CHA, onde há três pilares:

– O conhecimento (saber): são os fatos e informações adquiridas por uma pessoa através de suas experiências e/ou educação. O entendimento teórico de um assunto.

– As habilidades (saber fazer): a proficiência, facilidade ou destreza ao realizar uma tarefa, saber aplicar os conhecimentos adquiridos. São desenvolvidas através de treinamentos ou de experiência.

– As atitudes (querer fazer): como uma pessoa vê e como ela tende a se comportar em relação a uma determinada situação. Se uma pessoa age com ceticismo, temor ou relutância, a sua produtividade vai ser reduzida, não importa a quantidade de conhecimentos e habilidades que ela possua.

É importantíssimo trabalhar com atenção, foco e estar sempre presente. Habilidades podem ser adquiridas, por exemplo, e é importante ter consciência de quais são necessárias e como consegui-las. Nossas atitudes também podem ser influenciadas através de mudanças em hábitos e no ambiente. Porém, empresas buscam profissionais que já se encaixem no perfil desejado para não perder tempo e dinheiro com o aperfeiçoamento. Cada setor na empresa, seja ele técnico, administrativo, operacional ou gerencial, necessita de profissionais com diferentes competências e isso também deve ser lavado em conta. Sabendo das necessidades de cada setor, todos os três pilares são essenciais e todo um processo pode ruir caso isso seja ignorado. Os recrutadores devem considera-los no processo seletivo e gerentes de pessoas devem considera-los para promoções e transferências. Portanto, adquira conhecimento e desenvolva habilidades por meio de suas atitudes, ou então, tenha atitude para desenvolver habilidades sobre os conhecimentos que adquiriu.


Escrito por Gabriel Soares, graduando em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Viçosa e trainee do Departamento de Comunicação da No Bugs.

Sobre - Daniela Gomes

Graduanda em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Viçosa e Diretora de Comunicação da No Bugs.

Veja também...

0 Comentários

Deixe o seu comentário!