Domine o cronograma do seu projeto

Domine o cronograma do seu projeto 10 de abril de 2013 1 Comentário Postado por Anderson Dias

Não sabe quanto tempo vai durar seu projeto? O projeto atrasou? É muito comum acontecer algo do tipo, mesmo que a empresa já tenha anos de experiência em gerenciamento, pois sempre aparece um projeto novo que demanda conhecimentos e habilidades que ainda não temos.

Seja qual for sua área de atuação, todo projeto pode seguir alguns passos comuns para mensurar seu tempo de exdecução e garantir que esse cronograma seja cumprido. Quer saber quais são esses passos? Leia abaixo:

Monte uma EAP

A EAP (estrutura analítica de projeto) pode ser feita tanto para fazer uma pipa quanto para construir um avião, ela serve para identificar todos os passos que você deve seguir para a execução do seu projeto, dividindo-o em pacotes de trabalho e os pacotes em atividades a serem realizadas.

Defina as tarefas necessárias para produzir as entregas do projeto

Uma EAP contempla tanto as atividades de desenvolvimento quanto as gerenciais, então você deve identificar aquelas que impactam diretamente na entrega do seu projeto. Por exemplo, as reuniões que você terá com o cliente são importantes em termos de gerenciamento, mas algumas delas provavelmente não irão impactar no tempo de execução.

Sequencie as atividades

Identifique as dependências das atividades, ou seja, qual atividade eu tenho que terminar para iniciar a próxima? Crie um fluxograma para as atividades que impactam diretamente na execução

Estime o tempo de duração das atividades

Depois de sequenciadas, mensure o tempo de execução de cada atividade, ao final desse trabalho você será capaz de dizer qual o tempo total de duração do projeto

Tenha uma pessoa para “tirar as pedras do caminho”

Todo projeto deve ter um gerente, que necessariamente não faça parte da equipe de trabalho, para que ele tenha o foco exclusivo no acompanhamento da execução. E mais do que ser o cara chato que fica cobrando todo mundo, o gerente é o responsável por evitar que o projeto interrompa sua execução, removendo todos os percausos do caminho. Se o projeto precisa daquele documento que não chega, ou daquela reunião com o cliente que não sai para poder continuar, é o gerente que tem que correr atrás e garantir que o projeto continue

Faça o uso de ferramentas

As ferramentas ajudam a visualizar como está o andamento do projeto, monstrando quais atividades deverão ser realizadas, quais já foram, as que estão em andamento, as que estão atrasadas, enfim, dá a você um panorama do projeto. Algumas ferramentas disponíveis são o MS Project, o Open Project, e a ferramenta online runrun

Scrum – você pode adaptar

Uma metodologia que pode ser  adaptada ao seu projeto e a chamada SCRUM. O scrum trabalha justamente com a ideia de dividir o projeto em pacotes de entrega e trabalhar esses pacotes em separado, até que todos sejam feitos e o projeto enfim fique pronto. Unindo a EAP e o Scrum, você pode ter uma ferramenta poderosa para gerenciar seus projetos.

Sobre - Anderson Dias

Nascido em Santo André – SP, morando atualmente em Ubá – MG, 26 anos. Graduando em Ciência da Computação na Universidade Federal de Viçosa, Diretor de Projetos na No Bugs – Empresa Júnior de Informática, Conselheiro Consultivo da CEEMPRE – Núcleo das Empresas Juniores de Viçosa e Assessor de Gestão da FEJEMG - Federação Mineira de Empresas Juniores

Veja também...

1 Comentário

  1. Victor Michel disse:

    Isso aí, Anderson!
    Ter o cronograma do projeto na mão é fundamental. Mesmo sendo práticas tão fáceis de serem executadas, existem várias empresas que não seguem. É de causar indignação…

Deixe o seu comentário!